pomptur

Bonito

Crédito Foto/imagem: Matias Wonko | Bonitoway

Quem chega a Bonito logo constata: “bonito” é pouco para descrever as maravilhas criadas pela natureza nessa região. Esta tímida cidade no interior do Estado do Mato Grosso do Sul surpreende por seus rios de águas cristalinas repletos de peixes, suas grutas e cachoeiras que atraem turistas do mundo todo. A grande concentração de calcário no solo da região onde fica Bonito é responsável pela transparência das águas e pela existência dos inúmeros acidentes geológicos. Bonito é uma cidade-modelo em organização turística. Adotou um sistema de visitas que tenciona preservar o meio ambiente. Assim, você só pode conhecer os rios, os lagos, as cavernas e as matas – quase todos em propriedades privadas – acompanhado de guias credenciados por agências. Para evitar impactos negativos na natureza, estabeleceu-se um número máximo diário de turistas que pode visitar cada atração. E a natureza agradece. Aprecie as belezas naturais de Bonito, no coração do Brasil. Quem vai, vira fã.

Itacaré

Crédito Foto/imagem: MTur | Marcio Filho

Cerca de 180 km, entre os municípios de Itacaré e Canavieiras, formam a chamada Costa do Cacau. Reduto de belezas naturais, rios margeados por fazendas de cacau, praias de vastos coqueirais intocadas em meio à Mata Atlântica e densos manguezais, a região encanta pelas paisagens e pela opulência dos anos áureos do chamado “ouro negro”.
Protegida por um cinturão de Mata Atlântica, Itacaré se abre em uma vasta extensão de praias paradisíacas, rodeadas por coqueirais e areias brancas.
Rios, imponentes cachoeiras, matas virgens, restingas e manguezais completam o estonteante cenário natural deste verdadeiro santuário ecológico primitivo, chamariz para a prática de rapel, rafting, passeios de canoa, caminhadas, trilhas ecológicas e o melhor do surf em praias de ondas perfeitas.

Fortaleza

Crédito Foto/imagem: MTur | Jade Queiroz

Capital cearense, Fortaleza, oferece mar verde-azulado, belas praias, vento suave e povo alegre e hospitaleiro. Além disso, história e humor, também se encontram aqui. Metrópole moderna, mas que ainda guarda marcas do passado em museus, igrejas, fortes, praças, estações, teatros e prédios históricos; o centro da cidade é repleto dessas lembranças. É conhecida ainda como capital nacional do riso, por seus grandes humoristas; com shows que movimentam a cidade quase todos os dias da semana.
Mas, ir às praias é, indiscutivelmente um dos melhores programas para quem vem a Fortaleza. Águas mornas, areias finas e douradas, extensos coqueirais e a presença da brisa fresca e do sol durante o ano todo são os principais ingredientes para atrair um infinito número de visitantes anualmente.

Florianópolis

Crédito Foto/imagem: MTur | Caio Vilela

Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina, é formada por uma grande ilha oceânica, divide seus atrativos em praias, baias, lagoas, encostas e história, que encantam a quem conhece. Uma cidade única porque oferece 100 praias, 2 lagoas, manguezais e dunas num território de apenas 436 quilômetros quadrados. A capital convive com o contraste entre o provinciano e o contemporâneo, apresenta conforto e agitação de centro urbano desenvolvido, ao mesmo tempo em que proporciona um contato intimo com a natureza. Mar, morros e porções de mata atlantica em ótimo estado de conservação compõem um cenário deslumbrante. Bela por natureza, com uma qualidade de vida invejável, onde o jeito açoriano tempera as comidas, as rendas e os cenários. A herança dos colonizadores açorianos acrescenta charme e história às belas paisagens.

Dom Pedro Laguna

O Dom Pedro Laguna situa-se na praia de Marambaia no Ceará, a 40km do aeroporto de Fortaleza. Esta unidade hoteleira estende-se por uma lagoa com 15,000 m2, com uma frente de 200 metros de mar. Neste lugar paradisíaco é possível passear de barco ou carro elétrico, transformando uma simples ida à piscina num momento de total sintonia com a natureza. Numa área total de 300 hectares, com 58 hectares de área de Proteção Ambiental e 1.800 metros de frente mar, tudo perfeitamente integrado no meio ambiente projetado de forma a preservar e realçar a natureza envolvente.

Curitiba

Situada 934 metros acima do nível do mar, Curitiba é referência nacional em qualidade de vida, inovações urbanas, cultura e gastronomia, a capital paranaense harmoniza o ritmo frenético de uma metrópole à constante preocupação com o meio ambiente, à preservação do patrimônio histórico e a ampliação da cidadania. Na arquitetura e na culinária nota-se grande influencia européia, herança dos imigrantes que formaram o mosaico étnico-cultural do Paraná (além dos portugueses, alemães, italianos, poloneses, ucranianos, japoneses, entre outros)

Chapada Diamantina

Crédito foto/imagem: Hotel Cantos das Aguas

O Parque Nacional da Chapada Diamantina é uma ilha de verde, cercada por um mar de sertão por todos os lados, em pleno coração da Bahia. A vasta Mata Atlântica, campos floridos e planícies de um verde sem fim dividem a paisagem com toques de caatinga e cerrado; Imensos paredões, desfiladeiros, cânions, grutas, cavernas, rios e cachoeiras completam o cenário de rara beleza. Patrimônio natural impressionante e patrimônio cultural com suas pequenas e delicadas cidades coloniais.