Bagagem

BAGAGEM DESPACHADA: A bagagem despachada é a bagagem que vai ao bagageiro do ônibus. Para bagagens despachadas, cada passageiro adulto tem direito a 1 (uma) mala com peso máximo de 20 kg. Crianças com até 2 anos incompletos viajam gratuitamente e sem direito a bagagem. Toda bagagem despachada deve obrigatoriamente estar identificada com a Etiqueta Pomptur, que é controlada através de numeração exclusiva, ficando o passageiro de posse do Tíquete de Controle. Em hipótese alguma é permitido incluir na bagagem despachada objetos de valor, artigos frágeis ou perecíveis, jóias, dinheiro, documentos, papéis de negócio, aparelhos celulares, câmeras de vídeo ou foto, equipamentos eletrônicos ou quaisquer outros itens de risco, os quais por inteira e exclusiva responsabilidade deverão estar sempre sob a guarda dos próprios passageiros e exclusivamente por eles conduzidos. Todas as bagagens especiais independentes de estarem ou não dentro da franquia permitida, podem ter o transporte recusado, por se tratar de bagagem de difícil acomodação, em virtude de tamanho, peso e espécie, sendo a mesma considerada perigosa, inconveniente ou imprópria para o transporte como, por exemplo: vara de pescar; prancha de surf; bicicleta; ski; snow board; arco e flecha, surf; patinete, instrumentos musicais e outros. O transporte de animais não é permitido. Caso tenha dúvidas sobre quaisquer tipos de materiais, por favor, entre em contato com o seu agente de viagem.

BAGAGEM DE MÃO: A bagagem de mão é a bagagem não despachada, conduzida pelo próprio passageiro. Informamos que a guarda e a condução da bagagem de mão é de inteira responsabilidade do passageiro, devendo estar sempre sob sua guarda e exclusivamente por ele transportada, e não está sujeita a qualquer tipo de indenização por dano ou extravio. É permitido o transporte de até 5 kg para a bagagem de mão por passageiro.

IMPORTANTE
Não transporte bagagem que não seja de sua propriedade ou que desconheça o seu conteúdo. No caso de extravio ou dano de bagagem regularmente despachada, a reclamação deverá ser comunicada à empresa ou a seu preposto, obrigatoriamente ao término da viagem, e por escrito, relatando o ocorrido. Entende-se que o recebimento das bagagens sem a imediata constatação de qualquer irregularidade, presume que o passageiro verificou o seu bom estado ao deixar os limites da ala de desembarque.